hindex.unifacema

Clique ou role a página para acessar

 
LOGO UNIFACEMA.jpg
 

hindex.UniFacema

Chegou o momento de apresentarmos a nossa proposta para vocês.


WILLEMURIEL.jpg

Olá Marcos Aurélio, agora estamos prontos para começar o nosso projeto!

Após nosso encontro encaminho o escopo e detalhamento da proposta.

Ouça os detalhes no áudio abaixo e observe os descritivos dessa página.

Abraços e aguardo o seu retorno que poderá ser feito via WhatsApp.

Abraços da nossa equipe.

Wille Muriel



Metolodogia

Projetos que envolvem um redesenho de atividades em uma instituição universitária ou uma reconfiguração estratégica inovadora não devem ficar limitados a um único método entendido como “o correto”. Nossa experiência no desenvolvimento de projetos bem-sucedidos indica que o melhor é trabalhar próximo ao cliente e de suas equipes para criar com eles modelos e políticas capazes de gerar autonomia no longo prazo para a Instituição. É preciso considerar que a consultoria opera ao longo de um ciclo com início, meio e fim e que, findo o ciclo da consultoria, a IES deve contar com conhecimento e autonomia sobre o projeto, pois participou ativamente de todo o processo de construção e desenvolvimento.

A metodologia iterativa (repetição) utiliza a espiral heurística de Loschelder, o que permite o desenvolvimento dos projetos ao longo do tempo, adaptando-se para uma evolução de acordo com as necessidades do cliente e dos materiais de pesquisa que o projeto pode gerar.

O Desenvolvimento Ágil enfatiza as pessoas envolvidas (integrações) e as iterações (repetições) em detrimento dos processos e das ferramentas. As metodologias formalizadas são inicialmente abandonadas em favor de abordagens iterativas para organizar e reorganizar as contribuições dos stakeholders, permitindo que o projeto adapte-se e evolua à medida que progride, não restringindo-o por meio de uma metodologia rígida. Eventualmente e, havendo necessidade, aplicaremos oficinas de design thinking.

Síntese: Processo de inovação (ideação + conceituação + experimentação + implementação) por meio do Desenvolvimento Ágil, utilizando a Espiral Heurística de Loschelder, com possibilidade de aplicação de design thinking. Critério de decisão baseado em referenciais teóricos e estatísticos convergentes.



aluno_problema_2.jpg

FASE 01 e 02

PLANEJAMENTO E PREPARAÇÃO PARA EXECUÇÃO:

a) FASE 01 - Estratégia e desenho para a criação e futura implementação do projeto de EaD UniFacema.

  1. Análise da composição estratégica e dos valores da identidade, fundamentais para um projeto EaD diferenciado e competitivo.

  2. Coleta e análise de dados e informações de mercado.

  3. Organização da legislação vigente (possibilidades e limites para o projeto).

  4. Orientações para preparação da Instituição para desenvolver o projeto: oficinas de capacitação; infraestrutura física e tecnológica.

  5. Matriz SWOT com estudo de convergência.

  6. Indicação dos fatores de consistência para expansão e consolidação.

  7. Indicação do “tamanho do projeto”: Número de alunos, cursos e polos.

  8. Indicação de: Desafios, Diretrizes e Posicionamento de mercado.

  9. Indicação do modelo estratégico para operação e desenvolvimento (M. Porter).

  10. Indicação dos diferenciais estratégicos.

  11. Construção de políticas, critérios e indicadores para decisões sobre cidades onde a UNIFACEMA irá atuar.

  12. Construção de políticas, critérios e indicadores para decisões sobre o portfólio de cursos de graduação, pós-graduação e extensão.

  13. Análise quanto às opções de produção de materiais EaD: Produzir internamente ou terceirizar? Investimentos, equipes, estrutura, treinamentos, inovação, dentre outros aspectos.

  14. Definição de público-alvo e construção das personas alcançadas.

  15. O desenho e a composição dos canais de relacionamento do Projeto EaD nos meios físicos e digitais diante da estratégia competitiva adotada.

  16. Indicação de tecnologias para a implantação de ambiente virtual de aprendizagem.

  17. Indicação do Cronograma de Implantação.

  18. Fundamentos teóricos e práticos para o desenvolvimento dos projetos pedagógicos dos cursos.

  19. Organização da Estrutura Curricular – Modelo para produção na IES.

  20. Desenho da Jornada de Experiência do Aluno.

  21. Desenho da Rota de Aprendizagem.

  22. Arquitetura e Design para transformar e integrar a experiência física ao ambiente educacional da EaD. Desenho da Experiência Discente no Polo: Metodologia de aprendizagem; arquitetura; design; serviços e sistema de avaliação de desempenho.

  23. Desenho da organização do processo fabril (disciplinas).

  24. Indicação da estratégia de eficiência produtiva (equipe, processos, produtos).

  25. Indicação de equipe de produção.

  26. Política de capacitação da equipe EaD da Instituição.

  27. Criação de protótipos do modelo de negócio EaD UNIFACEMA para simulações e experimentações no mercado educacional.

  28. Análise Canvas Business Model do EaD UNIFACEMA.


b) FASE 02 - Ações da nossa participação junto à implementação do projeto de EaD Facema.

  1. Manuais de operação na EaD: Polos; Alunos; Autoria, dentre outros indicados conforme o andamento do projeto.

  2. Auxílio na análise de contratos: De parceria; de autoria; com discentes.

  3. Composição das planilhas financeiras com o setor financeiro da Instituição.

  4. Modelo de Plano de Negócios para prospecção de parcerias.

  5. Identidade Digital e linguagem para cursos e programas educacionais EaD. Aplicação de todo o programa de identidade criado para o Projeto EaD UNIFACEMA.

  6. Ambiente digital. Criação do Website e ambiente Virtual de Aprendizagem para as atividades acadêmicas dos cursos.

  7. Criação do Projeto de Arquitetura e Design de Ambientes customizados para a adequação dos polos e salas de aula. Criar soluções considerando a arquitetura e o design como meios físicos para a promoção de espaços inovadores, pensados para contribuir no processo de aprendizagem.

  8. Canais: Operação da plataforma de relacionamento para publicar, distribuir, nutrir todo o conteúdo instrucional via canais estruturados nos meios físicos (polos Facema, ambientes de aprendizado) e digitais (website do Projeto, Ambiente Virtual de Aprendizagem e canais sociais).

  9. Oficinas de capacitação da equipe, grupo gestor UNIFACEMA EaD.

  10. Reuniões regulares on e off-line de controle do andamento da execução, conforme cronograma e não planejadas, conforme as necessidades do projeto.


c) Prazo de execução

Fase 01 - 60 (sessenta) dias úteis para a estruturação das etapas descritas acima.

Fase 02 - 22 (vinte e dois) meses de duração a partir das atividades descritas acima.


d) Investimento

fase 01

R$ 250.000,00 (Duzentos e cinquenta mil reais) como valor total dos serviços prestados na fase 01 a serem pagos em um prazo de 60 (sessenta) dias a partir da execução do projeto.

Forma de pagamento:

50% do valor total no início das atividades da fase 01.

50% do valor total no final das atividades da fase 01.

fase 02

R$ 572.000,00 (Quinhentos e sessenta e dois mil reais) como valor total dos serviços prestados na fase 02 a serem pagos em um prazo de 22 (vinte e dois) meses a partir da execução e finalização da FASE 01.

Forma de pagamento:

22 parcelas no valor de R$ 26.000,00 (vinte e seis mil reais).

IMPORTANTE:

Um contrato com o detalhamento da prestação de serviços e relação comercial será enviado após o aceite de proposta determinando todas as responsabilidades entre as partes.

As despesas envolvendo a logística para o deslocamento da equipe hindex.unifacema, a hospedagem e o transporte dessa atividade serão pagas pela Carta Consulta.


Time Line do Projeto

Datas possíveis da equipe hindex para o início do projeto em 2019.

04/02/2019

11/02/2019


Próximos passos:

  • Avaliação por parte da UNIFACEMA e retorno sobre as possibilidades de execução do projeto.

  • Acordo e relação contratual para oficializar e caracterizar a prestação de serviços entre as partes.

Data limite para o retorno:

  • Essa proposta tem validade até o dia 29/01/19.

  • Até lá podemos conversar sobre o conteúdo e escopo, dúvidas e sugestões via WhatsApp ou vídeo conferência.